Vivendo o puerpério
Maternar e Paternar

Vivendo o puerpério

Não pode ler agora? Ouça clicando no player:

O puerpério é um período de intensas mudanças e transformações. Entenda mais sobre as fases vividas pela mãe no pós-parto.

Você certamente já ouviu falar sobre o puerpério. Conhecido também como resguardo, ele começa logo após o parto e dura, aproximadamente, 45 dias. Essa fase da vida da mãe é caracterizada não só por mudanças fisiológicas, mas também psicológicas. Hoje iremos falar um pouco sobre cada uma delas.

Puerpério e suas fases

Puerpério imediato

A primeira fase acontece logo após o nascimento do bebê e vai até o décimo dia. É nesse período, sobretudo, que uma série de alterações hormonais ocorre. O leite, por exemplo, começa a ser produzido. As mamas tendem a ficar inchadas e doloridas e a mãe produzirá o colostro. Esse tipo de leite é altamente nutritivo e tem papel fundamental para o desenvolvimento do sistema imunológico do recém-nascido.

É importante lembrar que a mãe também está se adaptando às mudanças e necessita de todo apoio possível. É comum que ocorra o baby blues (ou disforia puerperal) devido a fatores hormonais e pressões socioculturais. A tristeza maternal, que surge por volta do terceiro dia após o parto, atinge cerca de 50% das mães e caracteriza-se por sintomas como tristeza, ansiedade, irritabilidade e problemas de concentração. Esse momento é passageiro e tende a durar de 2 a 3 semanas. Caso os sintomas se prolonguem, é possível que ele tenha se agravado e a mãe tenha desenvolvido uma depressão pós-parto. Seja qual for o caso, a mulher não deve ser julgada, e sim amada e ajudada. Recomendamos a consulta com um médico especializado, caso haja qualquer dúvida. Ele poderá sanar as dúvidas e recomendar um tratamento adequado.

Puerpério tardio

Assim como na fase anterior, a mãe continua no processo de mudanças hormonais. Nesta período, que ocorre do décimo ao 42° dia pós-nascimento, o útero está regredindo ao seu tamanho normal. Ao fim desta fase, você também pode retomar a sua vida sexual, caso sinta-se à vontade.

Puerpério remoto

Por fim, o puerpério remoto. Ele ocorre após os 42 primeiros dias do nascimento e não há duração exata para esta fase. Ele é caracterizado pelo reaparecimento da ovulação.

Como viver essas fases?

Antes de mais nada, queremos enfatizar que não existe certo ou errado na maternidade, tal qual no puerpério. Acima de tudo, é importante compartilhar seus sentimentos com alguém e não se cobrar demais. Esse é um período desafiador para todas as mulheres. Cada mãe tem uma realidade, vivência e história diferentes, não se compare a outras. 

Vivendo um puerpério confortável

Assim como os produtos para bebês, a Nós o Davi também desenvolve artigos para as mães. Nossos protetores de seios absorvem o leite que vaza entre as mamadas. São importantes, principalmente, nas últimas semanas de gestação e no início da fase de amamentação. Feitos de tecido, eles permitem que a pele respire, evitando irritações e infecções. Além disso, são sustentáveis e econômicos, por serem laváveis e reutilizáveis.

Gostou do post? Fique à vontade para compartilhá-lo! Da mesma forma que ele foi útil para você, ele pode ajudar outras mães e famílias. 💚

COMPARTILHAR

conteúdo por

Post anterior
Conheça os novos kits de absorventes ecológicos Nós e o Davi
Próximo post
Conheça os kits Comece Aqui

Leia também

Nenhum resultado encontrado.

Menu